Namoro à distância: casais mostram que pode dar certo, sim!

O amor não mede a distância. Às vezes acontece do coração começar a bater mais forte por alguém que mora longe. Aí começa o drama: será que vale a pena levar o relacionamento adiante? E o pior: será que daria certo?

A equipe do Conexão Teen conversou com alguns casais que falaram sobre os benefícios do namoro à distância e provaram que namorar com alguém que mora longe dá certo, sim! #Inspiração!

Joyce Colombo mora em Bauru e seu namorado Rafael Dias em Limeira, ou seja, 220 quilômetros separam o casal. O relacionamento começou por conversas no Facebook e eles já estão juntos há 11 meses.

A estudante de arquitetura acha que ficar longe do namô até que faz bem: “Pelo fato de nos vermos pouco, a vontade de se ver aumenta, e isso é sempre uma viagem, uma preparação, coração acelerado, não é aquela rotina dos namoros convencionais. Evitamos brigar quando estamos juntos porque são momentos únicos e muito esperados”, afirma.

Quem também está na onda do namoro à distância é o Matheus José Prestes. Ele conheceu seu parceiro por meio da internet e hoje estão juntos há nove meses. A distância que divide os dois é de 200 quilômetros, mas isso não impede

que eles se vejam, pelo menos, uma vez por semana. “Como estudo em Bauru, muitas vezes nos encontramos por lá. Quando isso não é possível, vamos alternando as visitas um ao outro, mas sempre conservando a frequência semanal, onde passamos um dia completo juntos”, conta o estudante.

Será que Matheus prefere namorar à distância? A resposta é sim e não. Ele explica: “a relação à distância tem pontos positivos, pois ela se enriquece muito no diálogo. Não é apenas a atração física, mas o interesse pelo conteúdo da outra pessoa, algo que possa cativar e a cada reencontro é uma explosão de sentimento e saudade. Talvez, esse seja também o ponto negativo, pois muitas vezes, não é tão simples contar com aquele abraço acolhedor, ou, contar com o apoio ‘rápido’ da pessoa que você ama, dada essa distância.”

Quem também contou sobre seu namoro à distância foi a professora de inglês Ana Romani. Ela namora há um ano e o casal se vê todos os finais de semana e feriados prolongados.

Apesar do ciúme, a professora acredita que o namoro à distância tem suas vantagens. “Já namorei com pessoas da mesma cidade que eu, mas nunca deu certo. Namoro à distância é gostoso, pois conversamos todos os dias por mensagem ou na internet e ficamos com aquele frio na barriga, aquela ansiedade para que chegue logo o fim de semana para fazer as coisas que gostamos juntos. Aproveitamos mais o tempo, sem brigas ou discussões bobas”, finaliza.

Fotos: Arquivo pessoal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s