5 cuidados fáceis que garantem sua higiene bucal!

É comum lembrarmos de todas as especialidades médicas possíveis, mas, muitas vezes, acabamos deixando a saúde dos dentes de lado. Será que você também anda fazendo isso? A cirurgiã dentista Juliana Perianez Gatto, formada pela USP, deu cinco dicas top que vão garantir um sorriso saudável e lindão para você. Se liga!

1 Escova aí

“A escovação é o principal e mais eficaz meio de higienização para evitar vários problemas. Ela elimina os restos de alimentos e bactérias”, explica a profissional. E anota aí: você deve escovar os dentes a cada refeição, no mínimo três vezes ao dia. “A escovação é ainda mais importante à noite, pois é quando o fluxo salivar diminui e o ambiente fica perfeito para as bactérias agirem mais rapidamente”, lembra Juliana.

2 Olá, fio dental!

É, queridos, não tem como fugir. O fio dental é importantíssimo! “O fio limpa as superfícies entre os dentes, onde a escova não alcança”, aponta Juliana. O ideal é usar pelo menos uma vez ao dia. E a especialista dá a dica: “utilize cerca de 40 cm de fio, enrolado entre dois dedos, que deve ser passado entre os dentes dos dois lados. Limpe além da linha da gengiva, mas tenha cuidado para não se machucar”, lembra.

3 Dentista: o sumido

Não esqueça de marcar aquela consulta esperta com o seu dentista. Segundo Juliana, o ideal é a cada seis meses ou um ano. ” É importante para manter a saúde bucal em dia, prevenindo ou tratando doenças. A limpeza profissional também é muito importante, pois é mais completa, detalhada e refinada do que a caseira”, diz Juliana.

4 Cuidados com a escova

Tá achando que é só escovar e deixar ela guardada? Que nada! A dica é: após a escovação, lave a escova e seque-a. Ela deve ficar em local limpo e seco. “A escova de dentes deve o mais macia possível, para evitar danos aos dentes e mucosas. Ela deve ser trocada a cada 3 meses, ou até as cerdas ficarem danificadas”,”, lembra a profissional.

5 Quantidade não importa

Na hora de escovar os dentes, não precisa se preocupar com a quantidade de creme dental. Juliana explica: “a quantidade correta é semelhante a um grão de ervilha. Independente do tipo de pasta necessária – controle de tártaro, clareadora, hálito fresco, etc – o mais importante é que ela seja fluoretada”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s