Por que Marcos Harter foi expulso do Big Brother Brasil 17?

Você nem precisa estar ligado no BBB17 para perceber que o programa vive entre os assuntos mais comentados do dia, principalmente nas redes sociais. Dessa vez, o motivo para tanta comoção é super sério e envolve Marcos e Emilly, o casal Mally, como são chamados pelos fãs.

O cirurgião e a estudante começaram a se envolver há algum tempo. No início, a galera shippava muito e torcia para que as investidas do rapaz dessem resultado. O problema é que, desde que assumiram o relacionamento, os dois não acertaram e começaram as discussões quase diárias.

+Leia também: Você sabe o que é feminismo na real?

Por que Marcos Harter foi expulso do Big Brother Brasil 17?
Sempre bom lembrar que

A gota d’água aconteceu no último final de semana, dia 08, após uma festa. Foi nesta noite que o médico colocou a namorada contra a parede, apontou o dedo em sua cara e gritou tanto que outra sister também chegou para ver o que estava acontecendo.

As cenas, todas filmadas, claro, chocaram o Brasil e a tag “Marcos Expulso” ficou nos trend topics do Twitter! Após toda a repercussão e depois de analisar os vídeos, policiais do Rio de Janeiro foram até a casa ouvir o depoimento de ambos os envolvidos no caso e realizar exames em Emilly, que comprovaram que ela havia sofrido violência física. Horas depois, ele foi expulso do programa e responderá na justiça pelo caso.

Mas, por que estamos falando sobre isso?

Agressão contra a mulher é crime e não é só agressão física, não. De acordo com a Lei Maria da Penha:

“configura violência doméstica e familiar contra a mulher qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial”.

Ou seja: todas as vezes em que o cara a tratou mal, a encurralou contra a parede, tentou beijá-la contra a sua vontade, apontou o dedo na sua cara, a beliscou ou a apertou, ele estava indo contra a lei!

Então, estamos falando de relacionamento abusivo?

Além das formas que já falamos acima, ele também disse várias frases que provaram que  se tratava de um relacionamento abusivo. Esse tipo de relação não acontece só com casais heterossexuais em que o cara é o problema. Qualquer pessoa pode passar por isso, independente do gênero.

Os relacionamentos abusivos são muito mais comuns do que pensamos e normalmente as vítimas não se tocam do que está acontecendo. A própria Emilly disse em conversa com Vivian que Marcos não curtia ser contrariado, e que, ao “tirá-lo do sério”, a culpa de todos os comportamentos agressivos do namorado, tinham sido dela. Oi? Que tipo de relacionamento é esse em que não pode sequer dar uma opinião sem temer a reação do outro?

Para entender melhor, assista a esse vídeo da Youtuber Jout Jout:

É sempre bom lembrar que a culpa nunca é da vítima!

Conheço alguém que passa por isso

“Ah, eles estão juntos porque se merecem”. Essa é uma frase comumente falada por quem vê o problema de fora. Mas, quem vive esse tipo de situação acaba passando por vários momentos de negação, em que fica difícil ver o que é bom ou ruim para si próprio.

O que a gente quer dizer é: se você tem um amigo ou amiga que passa por isso, ajude a enxergar e principalmente nunca a culpe pelo que está sendo vivido. O apoio é muito importante e sentir que não está só, ainda mais!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s