Diário de uma fã: Ed Sheeran em São Paulo

Sabe quando a gente pede para a hora não passar? Foi exatamente isso que eu queria que tivesse acontecido no show de ontem, em São Paulo.  Não sou daquelas fãs que acampam em frente ao estádio para ficar o mais perto possível – eu até queria ser. Mas, o meu amor pelo Ed não deixa de ser enorme. E venho mantendo esse sentimento há três anos.

Conheci o trabalho do Ed ainda em 2014, quando eu fui ao cinema assistir “A Culpa é das Estrelas”. Lembro que eu já estava com a maquiagem toda borrada de tanto chorar quando, no final do filme, foi entoada a música “All Of The Stars”. Eu chorei mais ainda. Desde então, me questionei: “De quem é essa música maravilhosa?”. No mesmo dia, procurei loucamente o dono daquela obra de arte, e foi assim que eu conheci o Ed. Eu amei tanto aquela música, que comecei a pesquisar mais sobre ele e quando percebi… Já era uma sheeria. Eu passava horas e horas ouvindo esse ruivinho: no trabalho, em casa, na rua. Ele sempre estava comigo. Até que, então, ele anunciou que viria aqui em 2015. Eu SURTEEEII. Lembro que não consegui ir no primeiro show em São Paulo, mas ele abriu um segundo e eu não poderia perder essa oportunidade. O show de 2015  – que aconteceu no Espaço das Américas com cerca de 8 mil pessoas – só fez eu amar ainda mais aquele ruivinho magia, como eu sempre digo.  Apenas voz e violão: foi o que o Ed precisou para dar literalmente um SHOW.

MAIS:
“Divide” leva Ed Sheeran para Guinness Book com muitos recordes
Top Artistas com Ed Sheeran

Ontem, não foi diferente. Dessa vez, optei pela cadeira nível 1. Nunca tinha ido em um show em estádio, então fiquei com medo de ser pisoteada na pista – tá, eu sei que foi exagero. Cheguei perto da hora do portão abrir, às 15h30 para ser exata.  A fila estava rodando o quarteirão, mas eu estava tão empolgada que isso não me importou. Quando entrei no estádio, consegui um lugar muito bom. Eu conseguiria vê-lo e dançar – e não ser pisoteada kkkkk.

Pontual como sempre, Ed pisou no palco às 20h em ponto (Eu amo isso nele). Ele começou com a maravilhosa “Castle On The Hill”. E tenho que dizer: que música, que voz, que ruivo, minha gente! Na verdade, amei todas as músicas, mas tenho que admitir: eu me derreti por Bloodstream (que foi de arrepiar!), Photograph (que não ama essa música, né?), Perfect e Dive – ele não cantou “How Would You Feel” e foi a única coisa que me deixou chateada. Mas eu lembro de “I See Fire”, “Give me Love” e “Thinking Out Loud” e fico feliz novamente.

Foi um misto de emoções – as pessoas, as luzes dos celulares deixando o estádio ainda mais lindo, aquela voz maravilhosa e aquele ruivo fofo. Não sei vocês, mas eu tenho vontade de apertar as bochechas do Ed e não soltar mais kkkk – E um dia ainda farei isso; sei que vou conseguir tirar uma foto com ele para por em um quadro de 2 metros – Eu tô falando sério, gente!

Sei que vocês já leram 500 críticas sobre o show do Ed – assim como eu. Diga-se de passagem, todas elogiando o nosso ruivinho maravilhoso. Mas eu não estou aqui para falar x ou y sobre a técnica vocal dele – até porque não entendo nada sobre. Estou aqui apenas para dar a minha visão do show como fã. Eu estava lá, eu senti a emoção, eu fiquei rouca de tanto cantar e gritar e, com certeza, eu sai com vontade de mais. Mais show, mais violão, mais Ed ❤

Se eu pudesse falar algo diretamente para ele, eu diria: obrigada por ser esse cantor maravilhoso e volte sempre ao Brasil. Depois disso, eu pediria para ele mandar um recado para o Little Mix e para Taylor pararem de excluir a gente das turnês delas – mas aí já é outra história, né galera? Para encerrar, fiquem com as minhas fotos e vídeos – desconsiderem minha voz – não vim nesse mundo para cantar, infelizmente. Mas estou bem feliz de vir a esse mundo para expressar tudo o que eu sinto pelas palavras e poder compartilhar tudinho com vocês ❤

 

Conta para mim. Como foi a sua experiência no show?

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s