Em busca do primeiro emprego? Nós damos um help!

Um spoiler sobre a vida: todo mundo vai passar pelo momento (às vezes complicado) da busca pelo primeiro emprego. Tirar a Carteira de Trabalho, bolar o primeiro currículo e o medo da primeira entrevista fazem parte desse combo. Se você está passando por este momento, fique tranquilo. O CT e a Deborah Toschi, Coach de Vida & Carreira, damos uma ajudinha para você se sair bem nessa.

O mercado

Que o país está em crise não é novidade, mas o problema é que ela afeta diretamente a busca pelo primeiro emprego. Porém, Deborah dá uma dica: “acredito que sempre existem áreas que estão em crescimento, empresas que tem um crescimento mais favorável ou estável mesmo diante da crise. Na hora da busca, temos que ampliar nosso foco e ver aonde o crescimento ainda persiste. A área de tecnologia, por exemplo, é uma área que geralmente mantém estabilidade. Na hora da busca, este fator é sempre importante independente da crise”.

A tal da experiência

giphy1
Giphy

Uma das maiores dificuldades na hora de entrar no mercado de trabalho é a exigência de experiência na área. Porém, quando falamos de primeiro emprego isso fica bem mais difícil. Mas, calma! Nem tudo está perdido. “Os programas de Estágio, Trainees e menor Aprendiz são excelentes oportunidades. Eu mesma iniciei minha vida profissional na área de atendimento de um banco, mas depois de dois anos busquei uma oportunidade de estágio na minha área e foi ali que começou a minha trilha na área de RH”, explica a profissional.

Mas não é só experiência em outros empregos que conta como bagagem profissional, não. Segundo Deborah, leituras, grupos, cursos presenciais e on-line e trabalhos voluntários contam super! “Então, esta construção pode sim ser conquistada antes mesmo de você iniciar a sua jornada profissional. A própria escola também oferece projetos e oportunidades para que você participe e colabore dentro deste ambiente”, lembra.

Currículo top!

Com a falta de experiência, vem a dúvida: o que colocar no currículo? De acordo com Deborah, ele deve apresentar somente aquilo que você construiu até o momento. “Na maioria das empresas, o que será avaliado são os requisitos básicos (dados pessoais, formação), e depois suas competências no momento das atividades de seleção. Caso tenha alguma experiência mesmo que informal ou de projetos/trabalho voluntário, ele deve mencioná-los também”, aconselha a profissional. Anotou?

Primeira entrevista

giphy
Ai meu Deeeeus!  Giphy

Eita, chegou o momento? Então é melhor se preparar! E a Deborah deu dicas importantes:

  • Conheça a empresa: pesquise sobre ela, entenda o que faz e como é.
  • Seja pontual: estude o caminho antes, chegue com antecedência. Isso o deixará mais tranquilo.
  • Converse com outras pessoas: trocar experiências sobre entrevistas vai ajudá-lo a ter uma noção.
  • Seja verdadeiro e objetivo. E, caso não entenda algo, peça para a pessoa repetir.

 

Consultoria: Deborah Toschi, Coach de Vida & Carreira,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s