Escola obriga garota a colocar curativos nos seios para esconder mamilos

Funcionários afirmaram que, como ela não estava usando sutiã, estava ‘distraindo’ a atenção dos outros alunos

Nos Estados Unidos, de tempos e tempos, presenciamos algum acontecimento relacionado às vestimentas dos alunos. As meninas, é claro, são na maioria dos casos, as prejudicadas. E, para desabafar sobre as injustiças que ocorrem, muitas delas vão às redes sociais.

Dessa vez, a mãe de Lizzy, Kari Knop, foi ao Facebook desabar o ocorrido com sua filha na escola.

Reprodução Facebook

“Eles pediram para a minha filha colocar uma camiseta a mais e disseram para ela andar de um lado para o outro para ver o quanto seus seios se movimentavam”, afirmou.

Sua filha, Lizzy, chorou na enfermaria da escola, onde os funcionários chegaram a entregar quatro Band-Aids para que ela colasse sobre seus mamilos. Que constrangimento, né?

MAIS
Bê-a-bá do Feminismo: é hora de falar sobre o assunto
Pabllo Vittar lança clipe chocante contra bullying e homofobia

Ao telefone, a diretora do colégio disse que a menina só foi chamada porque muitos colegas estavam falando dela:.

“Eu perguntei se algum deles foi repreendido por estarem falando dela e ela me falou que, na verdade, eles não estavam falando dela, mas sim encarando-a. Então, eu perguntei se algum funcionário disse para eles olharem para o rosto dela em vez de encararem seus seios“, contou a mãe.

De acordo com Kari, a diretora ficou em silêncio depois disso.

Em resposta à mãe de Lizzy, a diretora admitiu que o caso foi tratado da forma errada. Segundo ela, o sutiã não é obrigatório no código de vestimenta da escola, mas avisou que alterações futuras no documento exigirão o uso.

O fato é que, com o apoio da mãe, Lizzy está disposta a se vestir da mesma maneira em protesto a essa política injusta.

O fato é que nenhuma menina ou mulher deve ser obrigada a usar sutiã. Elas devem decidir se querem ou não, já que o acessório é uma peça de roupa como outra qualquer. Se o problema for os olhares de outros alunos, é com eles que a diretora deve conversar, certo?

Go, girls! #girlpower

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s