“Mulher-Maravilha 2”: Gal Gadot confirma saída de produtor acusado de assédio

Se você não está por dentro da história, nós vamos explicar direitinho. É o seguinte: Brett Ratner, fundador da RatPac-Dune Entertainment, foi acusado de abuso sexual por diversas vítimas. E, por esse motivo, a relação com a Warner Bros e com atrizes como a Gal Gadot estava abalada. A atriz chegou a afirmar que não faria o segundo filme da heroína, caso ele continuasse a ter envolvimento com o filme. Dito e feito.

Continuar lendo ““Mulher-Maravilha 2”: Gal Gadot confirma saída de produtor acusado de assédio”